Poeta Paulo Roxo Barja – Síntese biográfica

Paulo Roxo Barja

Natural da Cidade de Santos, São Paulo, o poeta declara-se Santista “de cidade e de time”. Confessa ainda ter herdado do pai Antonio Barja Filho o gosto pela música e da mãe Ila Maria Roxo Barja o amor pela Literatura, junção que culminou com sua formação eclética.

Paulo Roxo Barja é o que se pode caracterizar como um profissional eclético. Possui toda formação acadêmica em Física desde a graduação ao pós-doutoramento, sem descurar da pesquisa cientifica, ao mesmo tempo transita livre e criativamente pela música e pela literatura, especificamente a literatura popular, considerando que já publicou mais de 50 folhetos de cordel que tratam de temáticas diversas, como educação ambiental, política e saúde, incluindo adivinhas e fábulas para crianças de todas as idades, além de atuar no campo musical também profissionalmente. Nesse sentido, o poeta-música alia em sua caminhada artística música e literatura com espetáculos, ministrando cursos e oficinas, atuando em teatro com composições musicais que inclui apresentações em praças públicas, parques escolas, colégios, bibliotecas tanto no Brasil como em países da América Latina e Europa. No campo musical atuou ainda em vários grupos destacando-se o Lunatus Ensemble Medieval.

Em face de sua competência literária o artista foi um dos ganhadores da Bolsa Funarte de Circulação Literária no ano de 2010. Sua produção decorre da paixão do poeta pela cultura popular, o músico e professor coleciona cordéis desde a década de 80.

Em 2000, começou a criar trilhas sonoras para o teatro e a trabalhar com direção musical. Logo depois, passou a se dedicar também aos fotopoemas. Em 2008, a produzir os folhetos intitulados “Cordéis Joseenses”, tornando-se membro da Academia Joseense de Letras.

Sua produção trata ainda de tema atuais a exemplo, do transcrito abaixo:

Ministério em contraponto

 

Reeleita, Dona Dilma

já merece reprimenda:

a ministra Kátia Abreu

mostrou que nunca se emenda.

Disse agora, em entrevista,

que latifúndio é uma lenda!

Ministra, fale a verdade,

o bom senso recomenda…

Espero que a presidenta

prontamente a repreenda

e exija reforma agrária:

latifúndio não é lenda!

 

Para fazer contraponto

ao pensamento precário

de Kátia na Agricultura,

do outro lado do cenário

surge Patrus Ananias

(Desenvolvimento Agrário):

 

“Direito de propriedade

precisa ser adequado

à necessidade humana;

não pode ser aplicado

acima de outros direitos,

pois isso seria errado.”

 

“Sei que a polêmica existe:

vou debater no plenário

e chamar pra discussão

também o Judiciário.

Não pode haver injustiça

escondida nesse armário.”

 

Por isso tudo, meu povo,

movimentos sociais

devem, sim, organizar-se

e lutar cada vez mais

pra garantir inclusão

e aproximar desiguais.

 

Somente o debate aberto

(junto ao reconhecimento

de que existem latifúndios)

dará fim ao sofrimento.

Pressão justa, popular:

Reforma já, cem por cento!

FONTES CONSULTADAS

ACADEMIA JOSEENSE DE LETRAS. Paulo Roxo Barja. Disponível em: <https://academiajoseensedeletras. wordpress.com/paulo-roxo-barja/>. Acesso em: 10 out. 2014.

BARJA, Paulo Roxo. Cordéis joseenses. Disponível em: <http://cordeisjoseenses.blogspot.com.br/>. Acesso em: 10 nov. 2014.

BRASIL. Prefeitura Municipal de Ilha Bela. Feira literária de Ilha Bela: Paulo Roxo Barja. Disponível em: <http://www.ilhabela.sp.gov.br/noticias/arte-dos-contadores-de-historia-e-destaque-na-feira-literaria-de-ilhabela#.VL0gj9LF-VN>. Acesso em: 10 out. 2014.

BRASIL. Fundação Nacional de Arte. Palestra sobre o cordel no território da cidadania: Paulo Roxo Barja. Disponível em: <http://www.funarte.gov.br/literatura/palestras-sobre-cordel-nos-territorios-da-cidadania/#ixzz3OnvVQcjy>. Acesso em: 11 out. 2014.

PORTAL MACUNAIMA. Paulo Roxo Barja. Disponível em: <http://portalmacunaima.ning.com/profile/PauloRoxoBarja>. Acesso em: 11 out. 2014.

VOA VIOLA. Paulo Roxo Barja. Disponível em: <http://voaviola.com.br/main.php?g_profile=261&g_ct=trajetoria>. Acesso em: 10 nov. 2014.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s