Peleja

São folhetos de “criação”, escritos, às vezes, em homenagem a um amigo poeta. Conta‐nos os seus autores que imaginam de início, um encontro em casa de um fazendeiro (o desafio entre dois “bambas”), encomendando de pronto o clássico “clichê” de madeira representando as figuras de dois cantadores sentados, dedilhando a viola em desafio, gravura comumente encontrada nas capas das publicações do gênero.