Arquivo da tag: José Evangelista Rodrigues Cavalcanti

Poeta José Evangelista Rodrigues Cavalcanti – Síntese biográfica

José Evangelista Rodrigues Cavalcanti (1953)

Poeta cordelista e compositor, membro fundador da União dos Cordelistas de Pernambuco (Unicordel), nasceu em Pesqueira, Pernambuco em 1953 e foi radicado em Recife desde 1966.

Além de escrever, Evangelista edita seus próprios folhetos, bem como os de vários companheiros de poesia. Escreve desde os 22 anos, mas demorou a publicar, seja pela falta de meios, seja pela falta de entendimento da importância deste gênero literário ainda na contemporaneidade. Sendo um poeta cronista do seu tempo, escreve regularmente  acerca de temas afinados com os acontecimentos nacionais.  Participa dos movimentos ligados à poesia de tradição e tem mais de 20 títulos publicados; alia ao aspecto da tradição a tecnologia como meio de divulgação de sua obra. Publicou em CD Cordas e Cordéis, em 2006, uma coletânea de poemas. Participou, também, do filme o Visgo do improviso de Maria Alice Amorim em 2007.

FONTE CONSULTADA

PERFIS. [S.l.: s.n., 20?].  Disponível em: <http://www.interpoetica.com/site/index.php?option=com_content&view=article&id=231&catid=48>. Acesso em: 20 nov. 2014.

Poeta José Evangelista Rodrigues Cavalcanti – Produção Literária

A discussão de Roberto Carlos com Lampião

A morte do Cacique Chicão

A morte de Cássia Eller

A morte de Saddam Hussein: em literatura de cordel

A morte do Cacique Chicão

A prisão de Vilmar Gaia

A última viagem do Papa João Paulo II: em literatura de cordel

Bote gaia e não me deixe, que a solidão é cruel!

Calou-se O Som da Rabeca do Mestre Salustiano, 2008.

Chico Xavier: um anjo de paz e amor: em literatura de cordel

Dom Casmurro de Machado de Assis: em literatura de cordel

Fome zero: em literatura de cordel.

Isabela: a pequenina boneca em literatura de cordel.

Luiz Gonzaga: o cantor do século : em literatura de cordel

O adeus ao rei do pop Michael Jackson

O apagão no Brasil

O mensalão: em literatura de cordel

O mosquito da dengue

O planeta está chorando com o aquecimento global em literatura de cordel

Só transe com camisinha: o casal pode ser feio, mas o amor é lindo! : em literatura de cordel

Torço pelo tricolor porque sua bandeira era o meu cobertor