Arquivo da tag: Firmino Teixeira do Amaral

Poeta Firmino Teixeira do Amaral – Síntese biográfica

Firmino Teixeira do Amaral (1896-1926)

Poeta popular e jornalista piauiense, Firmino Teixeira do Amaral nasceu na localidade de Bezerro Morto, então pertencente à Amarração, hoje Luís Correia, Piauí, em 1896 e faleceu jovem, aos 30 anos (1926), em Parnaíba, Piauí.

Residiu em Belém, Pará e foi um dos principais autores da Editora Guajarina, fundada pelo pernambucano Francisco Lopes e funcionou por 14 anos (1914-1942), considerada a maior editora de cordel da região Norte, chegando a publicar cerca de 846 folhetos neste período. (SALLES, 1971, apud MEMÓRIAS DO CORDEL).

Autor da célebre Peleja de Cego Aderaldo com Zé Pretinho do Tucum (1916), que muitos consideram real, tudo indica que foi ficção; chegou a ser gravada por Nara Leão e João do Vale no disco OPINIÃO (Philips, novembro de 1964). Nesta obra Firmino criou o trava-língua, novo gênero na cantoria.

Peleja do Cego Aderaldo com Zé Pretinho dos Tucuns

“Apreciem, meus leitores,
Uma forte discussão,
Que tive com Zé Pretinho,
Um cantador do sertão,
O qual, no tanger do verso,
Vencia qualquer questão.
Um dia, determinei
A sair do Quixadá
Uma das belas cidades
Do estado do Ceará.
Fui até o Piauí,
Ver os cantores de lá.
Me hospedei na Pimenteira
Depois em Alagoinha;
Cantei no Campo Maior,
No Angico e na Baixinha.
De lá eu tive um convite
Para cantar na Varzinha.
[…]”

FONTES CONSULTADAS

AMARAL, F. T.. A Peleja do Cego Aderaldo com Zé Pretinho. In: JANGADA Brasil. [S.l.: s.n., 20?]. Disponível em: http://jangadabrasil.com.br/dezembro/cn41200c.htm&gt.>. Acesso em: 12 nov. 2012.

MEMÓRIAS do Cordel. Editoras do Cordel #2 – Guajarina. [S.l.: s.n., 20?]. Disponível em: <http://memoriasdocordel. blogspot.com/2013/02/editoras-do-cordel-2-guajarina.html&gt;>. Acesso em: 12 nov. 2012.

Poeta Firmino Teixeira do Amaral – Produção Literária

A princesa Magalona e seu amante Pierre

Bataclan

Festa dos bichos ou as aventuras de um porco embriagado

História de Carlos e Adalgisa

O casamento do bode com a raposa

Peleja de cego Aderaldo com Jaca Mole, primo de Zé Pretinho

Peleja de João Peroba com o menino Pericó

Peleja do Cego Aderaldo com Frankalino

Peleja do Cego Aderaldo com Zé Pretinho

Peleja do Cego Aderaldo com Zé Pretinho do Tucum