Poeta Gonçalo Ferreira da Silva – Síntese biográfica

Gonçalo Ferreira da Silva (12/12/1937)

O poeta, cordelista, contista e ensaista cearense, Gonçalo Ferreira da Silva, foi fundador da Academia Brasileira de Literatura de Cordel (ABLC), localizada no Rio de Janeiro, da qual foi presidente no período de 1988 a 1996.

Natural da cidade Ipu, Ceará, nasceu em 1937. Teve uma infância difícil e aos 13 anos migrou para o Rio de Janeiro, onde trabalhou na Rádio MEC, aos 18 anos. Algumas fontes afirmam que permaneceu nesta rádio até se aposentar (Museu da Pessoa), porém (Enciclopédia Itaú Cultural) afirma que foi funcionário da referida empresa de 1963 a 1978 e redator do jornal A Voz do Nordeste e da revista Abnorte-Sul de 1980 a 1988.

Gonçalo Ferreira teve sua educação formal estabelecida na Cidade Maravilhosa, onde cursou o 1º e 2º graus no Liceu Literário Português e graduou-se em Letras na PUC/RJ (1973).

Em 1966 publicou seu primeiro livro, Um Resto de Razão (Edições de Ouro), e lançou o primeiro folheto de cordel, Punhos Rígidos. Seu poema, Meninos de Rua e a Chacina da Candelária, foi traduzido para o francês por Jean Louis Christinat e o folheto biográfico Mahatma Gandhi, que recebeu cumprimentos da Embaixada e do Consulado da Índia, e foi traduzido para o alemão e para o inglês, neste último idioma por Manoel Santa Maria.

Sua produção cordelística foi iniciada em 1978, enquanto realizava estudos sobre cultura popular, passando a frequentar a Feira de São Cristóvão. Com várias obras publicadas, versa sobre os mais variados temas: lendas, crenças, romances, política, biografias, cangaço, ciência, etc.

Meninos de Rua e a Chacina da Candelária

“[…]
Foi uma carnificina
de crueldade chocante
de brutalidade torpe,
bestial, repugnante
e outros adjetivos
acima de horripilante.
[…]”


             Este ilustre poeta recebeu influência de literatos memoráveis, como Augusto dos Anjos, Carlos Drummond de Andrade, Almeida Filho, Mario Lago, Rodolfo Coelho Cavalcante e Walmir Ayala. Reconhecido, tornando-se imortal como membro de várias academias de letras estaduais: Academia Cearense de Ciências, Letras e Artes, cadeira 48, patrono Leonardo Mota (1991), do Cenáculo Brasileiro de Letras e Artes, cadeira 1, patrono Adelmar Tavares (1993), da Academia Guanabarina de Letras, cadeira 50, patrono Vicente Licínio Cardoso (1994) e da Academia de Letras do Estado do Rio de Janeiro, cadeira 9, patrono Luís Iglésias (1996).

O filho de Osório Ferreira da Silva e Francisca Gomes da Silva casou-se com Maria do Livramento Ximenes de Aragão (1974), com quem teve três filhos: Marlos de Herval Lima da Silva (1974), Rubens de Herval Lima da Silva (1975) e Jorge Luís de Herval Lima da Silva (1982).

FONTES CONSULTADAS

GONÇALO Ferreira da Silva. In: ENCICLOPÉDIA Itaú cultural. [S.l.: s.n., 20?]. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultu ral.org.br/pessoa7207/goncalo-ferreira-da-silva>. Acesso em: 12 nov. 2014.

______. In: MUSEU da pessoa. [S.l.: s.n., 20?]. Disponível em: <http://www.museudapessoa.net/pt/conteudo/pessoa/goncalo-ferreira-da-silva-2889>. Acesso em: 12 nov. 2014.

______. In: O NORDESTE: Enciclopédia Nordeste. [S.l.: s.n., 20?]. Disponível em: <http://www.onordeste.com/onordeste/ enciclopediaNordeste/index.php?titulo=Gon%C3%A7alo+Ferreira+da+Silva+>. Acesso: 12 nov. 2014.

SILVA, G. F. Meninos de rua e a chacina da candelária. In: FUNDAÇÃO Casa de Rui Barbosa. [S.l.: s.n., 20?]. Disponível em: <http://docvirt.com/docreader.net/DocReader.a spx?bib=CordelFCRB2&PagFis=45078>. Acesso em: 12 nov. 2014.

PINTO, M. I. R. Gonçalo Ferreira da Silva. [S.l.]: Fundação Casa de Rui Barbosa, [20?]. Disponível em: <http://www.cas aruibarbosa.gov.br/cordel/GoncaloFerreira/goncaloFerreira_biografia.html>. Acesso em: 12 nov. 2014.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s