Poeta Mauro Machado – Produção Literária

A boa prosa em verso

A boa prosa em verso: (ou a vida de José Lins do Rego versada em cordel)

A discussão de Cleydson Monteiro com Mauro Machado

A história junina de Quincas e seus dois amores ou o dia em que o Recife juntou duas bandas de um coração

A peleja virtual de Paulo Dunga com Mauro Machado

As mais de 100 mortes de filotéia: (ou a história do fim do morre-não-morre de uma hipocondríaca)

Édipo Rei do sertão

Édipo Rei do sertão: folheto I: a praga do destino

Édipo Rei do sertão: folheto II: o fim do tormento

Édipo Rei do sertão: folheto III: os caminhos se cruzam

Édipo Rei do sertão: folheto IV: o ato derradeiro

O defunto pirangueiro e a viúva esperta: ou só se leva dessa vida a vida que se leva

O duelo cibernético de José Honório e Mauro Machado

O encontro do capitão Nascimento com lampião no inferno: (ou O dia infernal do embate osso duro de roer)

O encontro do fã com o ídolo

O exemplo do ladrão de galinha que findou botando um ovo

O exemplo do Padre pedófilo capado pelo diabo

O explorador do congo: (ou a fantasia de Seu Biu Peba e o Gorila Frevador)

O fim do Recife

O matuto no Shopping

O pife encantado: (ou A esperteza d’um caboclo que vendia felicidade)

Saudade

Saudades eternas do poeta Mauro Ananias

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s